Em algum momento de suas vidas, todos os fãs de Harry Potter sonharam em ir a Hogwarts. Mas a falta de habilidade mágica não é a única razão pela qual a Escola de Magia e Bruxaria terá que permanecer no reino da fantasia. Recriar a estrutura no mundo real é quase impossível, a menos que você seja um bilionário disposto a gastar muito dinheiro.

O BigRentz, um serviço online para aluguel de equipamentos de construção, calculou recentemente os custos de construir vários locais fictícios, como a  Batcaverna,  a Muralha de Game of Thrones, e você adivinhou: Hogwarts. Pode  acreditar, os castelos mágicos são bem mais caros do que você imagina.

Harry-Potter

Segundo os cálculos da empresa, o  castelo custaria US$ 169.740.000. Caso fosse construído no estilo do Castelo de Windsor, Hogwarts se estenderia por 38.461 metros quadrados. O Grande Salão, medindo 539 metros quadrados, custaria US$ 870.000.

Movendo-se além das muralhas do castelo, as oito estufas custariam US$ 175.000, e a cabana de Hagrid chegaria a US$ 400.000. Construir o estádio de Quadribol custaria mais US$ 1.031.980. E a Passagem da Bruxa de Um Olho Só,  entre Hogwarts e Dedosdemel ? Um total de US$ 2.490.000.

No total, o BigRentz calcula que o projeto de construção de Hogwarts chegaria a 174,5 milhões de dólares, mas lembre-se: esse valor  cobre apenas os custos de construção. As despesas com manutenção, com suprimentos e com a administração da escola - onde as mensalidades são gratuitas - aumentariam significativamente os custos. Contudo, os fãs de Harry Potter podem continuar sonhando, pois sonhar não custa nada.

Post a Comment

Postagem Anterior Próxima Postagem