Os times brasileiros já protagonizaram batalhas épicas em competições internacionais, principalmente na Taça Libertadores da América. Foram partidas inesquecíveis que continuam vivas na memória de quem aprecia o bom futebol. Muitos desses confrontos envolveram rivais regionais, outros criaram rivalidades até então inexistentes. Finais foram decididas entre clubes brasileiros e quando o encontro se deu em fases eliminatórias, quase sempre o vencedor sagrou-se campeão do torneio. Confira os 10 confrontos mais emocionantes entre brasileiros na Taça Libertadores da América.



Libertadores

10 – São Paulo X  Atlético Paranaense ( 2005 )


A primeira final da Libertadores com dois clubes do mesmo país foi cercada de polêmica. O regulamento exigia para a final um estádio com capacidade para no mínimo 40 mil pessoas, requisito que a Arena da Baixada não atendia. O Furacão teve que mandar seu jogo no Beira Rio, na distante Porto Alegre. Conseguiu apenas o empate de 1 X 1. No Morumbi, sucumbiu ao tricolor, sendo goleado por 4 X O. Desde aquela final, as relações entre os dois clubes nunca mais foram amistosas.




9 – Santos X Botafogo ( 1963 )


Quem poderia derrotar o magnífico Santos de Pelé e Cia ? Talvez o único time no mundo capaz dessa proeza fosse o Botafogo, do genial Mané Garrincha. Em 1963, os dois timaços se encontraram nas semifinais da Libertadores. No primeiro jogo, Garrincha desequilibra e o Botafogo consegue arrancar um empate na casa do adversário. Na volta, em pleno Maracanã, o Santos dá um baile e vence por 4 X 0, não resta outra alternativa à torcida carioca, a não ser, aplaudir de pé o Rei e seus comandados.




8 – Flamengo X Atlético Mineiro ( 1981 )


Em 1981, Flamengo e Atlético Mineiro empataram duas vezes na primeira fase da Libertadores. Nos dois encontros o placar foi 2 X 2, empate que se repetiu na classificação, com 8 pontos para cada equipe. Era preciso a terceira partida para decidir quem seguiria adiante na competição. De comum acordo, os clubes resolveram jogar no Serra Dourada, em Goiás. O que se viu a seguir, foi uma das arbitragens mais polêmicas da história do futebol. O carioca José Roberto Wright expulsou quatro jogadores do Galo, além de todo o banco de reservas do clube mineiro. Os atleticanos então, se viram obrigados a simular contusões, forçando o árbitro a encerrar o jogo. O Flamengo foi declarado vencedor e naquele ano, sagrou-se campeão do torneio.





7 – Fluminense X São Paulo ( 2008 )


Em 2008, Fluminense e São Paulo se encontraram nas quartas de final da Libertadores. O São Paulo, embalado pela reabilitação de Adriano, venceu a primeira partida no Morumbi por  1 X 0. No Rio de Janeiro, o Fluminense vencia por 2 X 1, mas precisava de mais um gol para se classificar. Aos 45 minutos do segundo tempo, Washington cabeceia no ângulo e leva o tricolor carioca adiante.





6 – São Paulo X Flamengo ( 1993 )


Em 1993, a maior ambição do São Paulo era o bicampeonato da Libertadores, igualando assim, o feito do poderoso Santos nos anos 60. No meio do caminho havia o excelente e aguerrido Flamengo, regido pelo velho e magistral Júnior. O empate de 1 X 1 no Maracanã e a vitória tricolor de 2 X 0 no Morumbi, conduziram o São Paulo ao bicampeonato das Américas.




5 – Palmeiras e Corinthians ( 1999 )


Palmeiras e Corinthians buscavam conquistar a Libertadores pela primeira vez. O confronto entre os arquirrivais se deu pelas quartas de final. Nas duas partidas realizadas no Morumbi, o placar foi 2 X 0. Vitória palmeirense na primeira e corintiana na segunda, levando a decisão para os pênaltis. O Palmeiras de Felipe Scolari sai vitorioso e segue adiante, ganhando naquele ano, o inédito título da Libertadores.





4 – Grêmio X Palmeiras ( 1995 )


Em 1995, o Palmeiras tinha um verdadeiro rolo compressor que simplesmente aniquilava os adversários. A conquista da Libertadores parecia certa. O melhor adversário a ser batido era o Grêmio. Na primeira partida pelas quartas de final, o Palmeiras se preocupou mais com a arbitragem do que com o adversário e tomou uma surra no Olímpico por 5 X 0. Impossível reverter, certo? Não é que na partida de volta o milagre quase acontece? O Palmeiras devolve os 5 gols, mas graças a um gol do artilheiro Jardel, o Grêmio se classifica e segue firme, tornando-se bicampeão do torneio.



3 – Cruzeiro X Internacional ( 1976 )


Em 1976, Cruzeiro e Internacional fizeram uma partida memorável na Libertadores, dessas que atravessam as gerações sendo comentadas e reprisadas. O placar já diz tudo: 5 X 4 para os mineiros.
Esse jogo colocou frente à frente, dois dos melhores times que o Brasil já teve, o Cruzeiro de Nelinho, Piazza, Jairzinho e Palhinha contra o colorado de Figueiroa, Falcão e Manga. Em 1976, o Cruzeiro se tornou o segundo clube brasileiro a vencer a Libertadores, façanha que até então, só o Santos de Pelé havia alcançado.




2 – Palmeiras X Corinthians ( 2000 )


Novamente Palmeiras e Corinthians de enfrentaram na Libertadores, dessa vez nas semifinais. O confronto é tido por muitos como o maior entre os dois. Na primeira partida, o Timão venceu por 4 X 3 e no segundo vitória do Verdão por  3 X 2. A classificação foi decidida nos pênaltis. Marcos mais uma vez, despachava o Corinthians da Libertadores.
Na final, o alviverde do Parque Antártica deixou escapar o título para o Boca Juniors.




1 – Internacional X São Paulo ( 2006 )


Mais uma final brasileira na Libertadores. O São Paulo querendo o quarto título e o Internacional buscando a primeira conquista.
No jogo de ida, na capital paulista, o colorado gaúcho surpreende e vence por 2 X 1. Na volta em Porto Alegre, empate de 2 X 2 e o Internacional comemorava o título inédito.


28 Comentários

  1. gustavo18/9/11

    o meu filho, a final de 2005 foi no Beira Rio e não no Olímpico. Lamentável...

    ResponderExcluir
  2. o meu filho, a final de 2005 foi no Beira Rio e não no Olímpico. Lamentável...


    Corrigido.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo22/9/11

    Como atléticano, meus olhos enchem de lágrimas...de raiva ao lembrar desse confronto contra o Flamengo. Roubo histórico!

    ResponderExcluir
  4. Anônimo23/9/11

    O importante é citar que os Bambis tremeram de medo de vir à Arena. E sim, são desleais e merecem todos os piores adjetivos que sempre receberam....mas nós vamos estar na final de novo um dia....e quero ver quem ajudar aqueles viados...

    ResponderExcluir
  5. Anônimo23/9/11

    td bem q São Paulo e Inter foi final e etc.. mas nem se compara a Palmeiras x Corinthians a rivalidade.. em um jogo d Libertadores...

    q isso...

    ResponderExcluir
  6. Anônimo23/9/11

    Vale lembrar que, no mesmo ano de 2005, o São Paulo teve de enfrentar o Atlético-PR na Arena pelo Campeonato Brasileiro e dessa vez não pôde fugir: 4 x 2 para o Furacão, que nunca perdeu em casa para o SPFC até hoje. E quando eu falo em 'fugir', digo no sentido real da palavra. Vários times já disputaram finais de Libertadores (o próprio Palmeiras, por exemplo) em estádios de capacidade inferior a 40.000 e seus adversários não ousaram interferir. Lamentável a atitude de um clube com o tamanho e com a história do São Paulo. Fugir da raia não é coisa de time grande.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo23/9/11

    Seu comédia, levaram de 4 a 0 incontestável e continua chorando ? Paranaense tem inveja de paulista até nisso

    ResponderExcluir
  8. Anônimo23/9/11

    Até parece que foi o São Paulo que escreveu a regra da Libertdores... cara, ou tem 40 mil lugares no estádio ou arranja um que tenha. Quando um jogo termina 2x1, 1x0, 3x2... sei lá, qualquer resultado apertado vc pode até reclamar, como foi o caso de 2006 quando o Josué foi expulso com 5 segundo de jogo e o Inter ganhou por 2x1... daí foi 2x2 no Beira Rio e aí sim, cabe reclamação, o "se" pode ser colocado em questão pela atitude do juíz, 4x3 no agregado... mas pô, São Paulo x CAP ficou 5x1, é muita choradeira, foi um baile.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo23/9/11

    "Vale lembrar que, no mesmo ano de 2005, o São Paulo teve de enfrentar o Atlético-PR na Arena pelo Campeonato Brasileiro e dessa vez não pôde fugir: 4 x 2"

    Nossa... é quase a mesma coisa um final de Libertadores e uma rodada de Campeonato Brasileiro...

    ResponderExcluir
  10. Thy Mello Rego23/9/11

    Cadê meu TIMÃO??? Tem jogo dele também!

    ResponderExcluir
  11. DANIEL MATADOR23/9/11

    Os jogos entre Grêmio X São Paulo e Grêmio e Santos pela Libertadores de 2007 também foram emblemáticos.
    O tricolor gaúcho despachou ambos e foi até a final do torneio.

    Saudações Imortais

    ResponderExcluir
  12. Anônimo23/9/11

    nao tem final com o corinthans . ass:alguem

    ResponderExcluir
  13. Anônimo23/9/11

    o patetico pr(Alias vai pra segunda divisao que é o seu devido lugar) tem que ter estadio primeiro pra depois ter um titulo de libertadores.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo23/9/11

    FINAL DO CORINTHIANS NO PES 2011 NUM VALE AI?

    ResponderExcluir
  15. Anônimo23/9/11

    corinthnas é que nem golfinho vai lá em cima, faz uma graça e logo desse.fonte: arial black

    ResponderExcluir
  16. Anônimo23/9/11

    ridiculo vc colocar jogo do sao paulo em primeiro lugar
    aposto que vc eh um mlk que nem viveu na vida
    sabe que jogo foi esse em 2000 de palmeiras e corinthias ? moveu o brasil inteiro a rede globo nunca teve tanta audiencia num jogo nem de copa do mundo... por isso falo semi final de palmeiras x corinthias deveria estar em top 1 disparado

    ResponderExcluir
  17. Anônimo23/9/11

    São paulo freguês do Inter na libertadores HAHHAHAHHAAH
    Vamoo corinthianss

    ResponderExcluir
  18. Anônimo23/9/11

    corinthians sempre foi freguês do verdão,tomou uma surra em 1999 e outra em 2000, há e por falar nisso atualiza ai o post quando o corinthians for campeão da libertadores no dia de são NUNCA! KKKKKK

    ResponderExcluir
  19. Anônimo23/9/11

    Faltou o Jogo São Paulo x Palmeiras Eliminados os porcos 2 vezes kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  20. Anônimo23/9/11

    eliminamos a porcada em 2 anos consecutivos!

    na boa, não tem time brasileiro pra descutir
    libertadores com o são paulo... somos o time brasileiro que mais teve participação em libertadores... além disso, temos 3 titulos. sem mais...

    ResponderExcluir
  21. Anônimo23/9/11

    sem falar que em 2006, o são paulo foi prejudicado pela arbitragem na final

    ResponderExcluir
  22. pra mim o Melhor jogo foi Gremio x Palmeiras, e o Do Corinthians x palmeiras

    ResponderExcluir
  23. Anônimo24/9/11

    cade flamengo x corinthians

    ResponderExcluir
  24. Anônimo13/12/11

    O GAMBÁ SE CHAMA TIMÃO, PORQUE SE TRATA DE UM VOLANTE DE NAVIO, AFINAL DE ONDE VEM AQUELES REMOS, JÁ SABEMOS=IMITAÇÃO DE GAMBÁ NO "SECO"....IMITA O NOME DE UM CLUBE INGLÊS...É O POVIM MAIS FEIO DA HISTÓRIA DA LIBERTADORES...TIMÃO O PUMBA É BEM MAIOR E É O CLUBE DE TODOS OS ESPORTES E IGUAL AO VERDÃO MANDOU-OS DE VOLTA PRA CASA DUAS VEZES...

    ResponderExcluir
  25. Anônimo21/12/11

    Sempre tem um atleticano chorão.

    Reconheça que o Flamengo era e foi superior ao seu time.

    TÍTULO GANHO NA RAÇA E DENTRO DE CAMPO!
    JOGAÇO CONTRA O GALO E GUERRA CONTRA O CABRELOA!

    ResponderExcluir
  26. Marcelocolorado28/2/12

    São Paulo prejudicado em 2006? Que é isso? Além do Josué, expulso por uma cotovelada, sempre é bom lembrar, o Fabinho do Internacional também foi, justamente, expulso, ao final do primeiro tempo. O Inter estava melhor desde o início, fez uma das melhores exibições da História no Morumbi, merecendo o 2X1. Lances duvidosos nas áreas aconteceram nas duas partidas. Se o Paulo Tinga não é expulso (a arbitragem aplicou a regra, não estou dizendo que foi injusta a expulsão....), no Beira-Rio, o Colorado vence outra vez o tricolor do Morumbi, que era um baita time, mas o Internacional tb, com Fabiano Eller, Tinga, Rafael Sóbis e Fernandão.

    ResponderExcluir
  27. E Tomou Uma Chapuletada do Boca, Que Vergonha Tchê!

    ResponderExcluir
  28. HAHAHAHAHA, Não tem história na Libertadores tem que ficar se apoiando em outros clubes

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem